DOCUMENTOS

Plano de reaparelhamento e modernização do porto do Recife
LISBOA, Alfredo
PLANTA/PROJETO - 1909 - Recife - Pernambuco

Biblioteca: Biblioteca Pública Estadual Presidente Castelo Branco - Pernambuco
Editora: não publicado - arquivos dispersos
Tipo: Projeto
Cidade Objeto: Recife - Pernambuco

Descrição e Resumo

Este projeto de modernização do Porto ocorreu dentro de um conjunto de obras, entre 1909 e 1915, que compreendeu a reforma urbana do Bairro do Recife, o Plano de Saneamento do Recife de autoria do Eng. Saturnino de Brito, além de um movimento de estruturação dos organismos de salubridade pública. É no projeto de reaparelhamento do Porto que o embrião da reforma pode ser encontrado. Os projetos mais antigos para ampliação e reaparelhamento do Porto do Recife também já incorporavam propostas de alargamento e abertura de novas ruas. No entanto, tais propostas evoluem até atingir o patamar de uma reconstrução e reordenação do bairro por inteiro. Tal modernização fazia-se necessária em vista das péssimas condições do sistema portuário, que proporcionavam sérios obstáculos aos interesses comerciais. Apesar da "Memória Descritiva e Justificativa do Projeto de Melhoramentos do Porto do Recife" ter sido aprovada pelo Governo Federal em 1887, só vinte anos depois, em 1907, após inúmeras e fracassadas concorrências, é que uma subcomissão criada dentro dos quadros da Comissão Fiscal e Administrativa do Porto do Rio de Janeiro foi encarregada da elaboração dos estudos definitivos e complementares da reforma, cujas obras seriam iniciadas em 1909. A chefia desta comissão coube ao Engenheiro carioca Alfredo Lisboa. A estrutura de financiamento adotada consistiu em um sistema idêntico ao do Porto do Rio de Janeiro, ou seja, empréstimos levantados pela União, através de contrato com a empresa selecionada por concorrência. Após uma concorrência entre empresas européias experientes na construção de portos é escolhida a Societé de Construction du Port du Pernambouc, que resultou da associação do empresário e deputado francês Edmond Bartissol com instituições do capital financeiro francês e com o deputado carioca Demétrio Nunes Ribeiro. Os melhoramentos do Porto implicaram a construção e reforço de diques e muralhas, a construção de armazéns, serviços de dragagem e de aterros, a implantação de calçamento e linhas férreas urbanas para maior evacuação e circulação de produção e de mercadorias. No entanto, o reaparelhamento não se limitou apenas ao Porto em si, implicou uma grande reforma da área portuária e fortes intervenções no Bairro do Recife.





Perspectiva do Porto de Recife com melhoramentos previstos no projeto Manuel Antônio de Moraes Rêgo, 1932 Fonte: Arquivo Público Estadual Jordão Emereciano, setor de Mapas

Textos disponíveis no banco de dados:


Portos do Brasil
Obras do Porto do Rio de Janeiro
A Avenida Central
O Canal do Mangue
A Reforma Urbana no bairro do Recife
Plano de reaparelhamento e modernização do porto do Recife