AUTORES

BICALHO, Francisco de Paula
01-01-1847 - São João Del Rei - Minas Gerais
 01-01-1919 - São João Del Rei - Minas Gerais


Formação

Engenheiro diplomado, em 1871, pela Escola Central do Rio de Janeiro.


Atuação

Participou de duas das mais importantes experiências urbanísticas de sua época: a construção de Belo Horizonte (1894-1897) e a reforma do Rio de Janeiro empreendida pelo prefeito Pereira Passos (1902-1906). Em Belo Horizonte, assumiu a direção dos trabalhos da Comissão Construtora da Nova Capital em 22 de maio de 1895, após a exoneração de Aarão Reis, cargo que ocupou até 1898. Deu um outro rumo à edificação da capital mineira, começando por reorganizar técnica e administrativamente a Comissão Construtora. Buscou imprimir ritmo acelerado à construção da cidade que, mesmo assim, foi inaugurada a 12 de dezembro de 1897 ainda como um imenso canteiro de obras. Em 1901, foi nomeado Inspetor-geral das Obras Públicas do Rio de Janeiro e, a partir de 1903, atuou na Comissão de Obras de Melhoramentos do Porto, desempenhando um importante papel na reforma urbana do Rio de Janeiro, implementada na administração de Pereira Passos. A sua trajetória profissional remonta ao tempo do Império, tendo se ocupado, dentre outras atividades, do abastecimento de água da Corte e do transporte ferroviário. Em 1873, assumiu o cargo de engenheiro chefe do canal de Macaé e Campos. No ano seguinte, assumiu o cargo de ajudante de obras na Alfândega do Rio de Janeiro. Também em 1873, encarregou-se da chefia da Tração da Estrada de Ferro D. Pedro II assumindo, em 1876, a chefia da linha. Em 1878, atuou como engenheiro da Estrada de Ferro Baturité. Em 1893, desenvolveu o projeto e atuou na construção da Alfândega de Juiz de Fora, desempenhando, ao mesmo tempo, o cargo de diretor de obras municipais daquela cidade.

Publicações:
``Esgotos das Grandes Cidades``, 1890.
``Comissão Construtora da Nova Capital: Revista Geral dos Trabalhos``. Rio de Janeiro: H. Lombaerts & C., 1895, vol. II.
``Comissão Construtora da Nova Capital - Instruções para circulação nas linhas urbanas e fornecimento de materiais de construção. Cidade de Minas: Lithographia da Commissão``, 1895.
``Comissão Construtora da Nova Capital - Instruções regulamentares para a execução dos serviços das oficinas de carpintaria``. Belo Horizonte: Lithographia da Commissão, 1896.
``Estudos e projetos do abastecimento de água à cidade do Rio de Janeiro``, 1902.
``Exposição do plano para realização dos melhoramentos dos portos da República e projetos para prolongamento das obras do Porto do Rio de Janeiro``, 1907.


Fonte

BARBOSA, Francisco de Assis. Francisco Bicalho - por Francisco Bicalho Filho. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 1968.
BARRETO, Abílio. Belo Horizonte: memória histórica e descritiva - história antiga e história média. Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro/Centro de Estudos Históricos e Culturais, 1995.
MINAS GERAIS. Dicionário Biográfico de Construtores e Artistas de Belo Horizonte: 1894/1940. Belo Horizonte: IEPHA/MG, 1997.
SOBRINHO, F.F. Velho. Dicionário Bio-Bibliográfico Brasileiro. Rio de Janeiro: Irmãos Pongetti, 1937, Vol. I.




Textos disponíveis no banco de dados:


4ª Questão da 3ª Seção. Saneamentos.
Abastecimento D`água